5 dicas para reduzir processos trabalhistas em empresas de serviços – Machado Corrêa

5 dicas para reduzir processos trabalhistas em empresas de serviços

como-evitar-acoes-do-trabalho




Independente do tamanho da empresa as ações trabalhistas podem-se dizer que é uma das grandes vilãs para empreendimentos atuais. Quase 80% das empresas não possuem uma precaução, um planejamento quanto a isso. Fato pelo qual podem danificar e muito o seu empreendimento se não estiver preparado. Então resolvemos ajudar com 5 dicas infalíveis para você que tem uma empresa de serviço se preparar, esse que poderá ser um dos maiores medos no meio corporativo brasileiro.  




Tudo o que não é esperado no mundo empresarial normalmente é ruim para os negócios. Se pudermos conseguir fazer uma previsão do fato que irá acontecer melhor pois caíra como se fosse uma luva. A grande maioria das empresas não fazem um provisão, um recolhimento mensal, acumulo de uma reserva, se caso ocorra uma possível ação trabalhista.
 Então a dica número é: 
a) Faça uma provisão mensal para ações trabalhistas 

Uma grande demanda de ações trabalhistas vêm proveniente de falta de registros e controles de documentos, exemplo, falta de controle no cartão ponto, comprovante de entrega de Equipamento de Proteção Individual, cuidado nos termos de rescisão de contrato de trabalho, guarda das guias de pagamento de impostos, ficha de registro de empregados. Então a dica número 2 é :

b) Cuidado com os registros e controles dos seus empregados

Se você conhece ou está habituado com as leis que regem a relação trabalhistas preste muita atenção também nos acordos coletivos onde estabelecido regras e normas pelo qual devem ser seguidas e estão em guarda dos sindicatos da categoria.Dica número 3: 

c) Conheça os acordos coletivos trabalhistas

Mais uma demanda dos nossos tribunais trabalhistas brasileiros vem provenientes da falta de cumprimento das obrigações trabalhistas pelo empregador. Muitos faltam pagamento de salários, hora extras, impostos, FGTS, entre outros. Atenção nos reflexos dessas verbas salariais podem vir valores bem salgados depois. Dica número 4:
d) Fique em dia com suas obrigações trabalhistas  


Desenvolva por escrito todos os procedimentos internos as condutas e políticas sempre deixe bem claro como você quer comportamentos na permanência dentro do estabelecimento, manuais, reuniões, evite possíveis desconhecimentos por parte do empregado, forneça treinamentos. Dica número 5:
e) Crie processos internos desenvolva políticas internas (escrito)
DICA BÔNUS 
Fique atento as normas da medicina do trabalho, procure consultoria para apontar possíveis pontos a melhorar, caso necessário forneça equipamentos de segurança, pague insalubridade, periculosidade. Antes de contratar já faça cálculos com esses valores. Evitará uma boa dor de cabeça! 
Gostou das dicas? 
Qualquer coisa ficamos a disposição. Grande abraço.