Como registrar um empregado no Mei – Machado Corrêa

Como registrar um empregado no Mei


como-registrar-funcionario-passo-a-passo


Legal chegou o momento que você precisa de ajuda, e surge diversas dúvidas referente a contratação de um  colaborador. Vamos tentar dar uma direção para você empreendedor, referente a cuidados, os custos que terá com um funcionário.
Em primeiro momento precisará de um contrato onde constará exatamente as atividades a serem regidas, este sempre de acordo com a legislação trabalhista.

Como registrar um empregado no Mei


Examine se o cargo a exercer não terá algum risco ou insalubre para seu funcionário, se você não sabe procure contato com especialista no assunto, normalmente técnico de segurança do trabalho poderá lhe auxiliar.
Cuide também o piso salarial este deverá ser observado o que tange no Ministério do Trabalho e Emprego, verifique se não há alguma observação diferenciada na convenção da categoria.

Quanto custa um empregado para o MEI


Fazendo essas ressalvas vamos exatamente aos custos calculados, são exatamente 11% de INSS incidentes no salário mínimo, sendo que este valor é partilhado entre você empregador e o empregado. Então ficaria assim, 3% de responsabilidade do empregador, e 8% restante descontado do empregado, e enviado a Previdência Social. O instrumento utilizado é GPS(guia da previdência social) para fazer o recolhimento. O empregado será descontado 6%  do vale transporte caso utilize, destacado na folha, e mais o 8% de FTGS a recolher pela empresa.


Procedimentos para contratar um funcionário


Alguns documentos deverá ser solicitados ao seu futuro colaborador:
  1. Carteira de trabalho deverá realizado as anotações(data de admissão, remuneração, condições especiais se houver, claro). Não esqueça de realizar um protocolo do recebimento e devolução do documento (prazo máximo 48 horas para entrega)
  1. Certidões de casamento e de nascimento dos filhos onde será realizado uma simples conferência e registro, servirá no caso para a concessão do salário-família
  1. Declaração dos dependentes caso o tenha ( especificamente é utilizado para cálculo do imposto de renda)
  2. Exame médico admissional ( Atestado)
  1. Declaração de requisição de vale transporte
  1. Documentos como identidade, CPF, Cartão do PIS, atenção dados como NIS(número de inscrição social) , observamos que para agilidade no cadastramento do software SEFIP será necessário este, caso não tenha você empregador deverá adquirir um certificado digital e realizar procedimento no site da Caixa Econômica Federal, este número é mesmo do PIS, é o que garante benefícios para seu empregado como auxílio doença, auxílio maternidade, FGTS, aposentadoria entre outros.
  2. Além é claro de registrar o funcionário no sistema CAGED, MEI


Além dos recolhimentos mensais desses impostos no caso do INSS na GPS(guia da previdência social) no código 2100.
Recolher e preencher a SEFIP, mensalmente, para gerar a GFIP(guia de recolhimento do fundo de garantia do tempo de serviço e informações à previdência/FGTS
Apresentar anualmente a RAIS ao MTE( Ministério do Trabalho e Emprego)
É ter funcionário parece fácil e registrar um funcionário mei passo a passo se torna as vezes complexo, mas exige diversos cuidados e obrigações, sempre gostamos de dar como dica cuidar a questão dos horários e intervalos do seu funcionário, criar um manual interno do cargo que ele irá realizar.
Caso necessite de apoio, estamos a disposição.